10 dicas importantes para se sair bem viajando sozinho

0
325

Viajar sozinho é uma prática que vem crescendo a cada dia. As muitas praticidades características de nosso tempo, atreladas à grande opção de destinos low cost pelos quatro cantos do mundo, tem feito com que mais e mais pessoas tomem coragem de comprar uma passagem, arrumar as malas e sair por aí por conta própria. Se você pretende seguir esse caminho e viajar sozinho, confira a seguir, algumas dicas essenciais para evitar dores de cabeça e imprevistos desnecessários.

Dicas para quem pretende viajar sozinho

Busque informações sobre seus destinos

Mesmo se você não pretende seguir roteiros pré-estabelecidos em sua viagem, é fundamental que tente se informar com antecedência em relação aos destinos que escolher visitar. Entender os horários de funcionamento de lugares importantes, pesquisar localizações e distâncias, preços, meios de transporte, eventos, dentre outros. Tudo isso vai te ajudar, tanto a otimizar seu tempo, quanto em questões de segurança.

Leve uma mala fácil de carregar

Lembre-se que, viajando sozinho, você é o único responsável pela sua mala, por isso, opte por uma que seja leve e fácil de carregar. A dica pode parecer óbvia, mas muita gente ainda erra a mão no tamanho da bagagem e acaba passando aperto quando tem que carrega-la de um lado para o outro. Praticidade, neste caso, é a palavra de ordem.

Mantenha os itens importantes perto de você

É importante manter por perto itens como passaporte, dinheiro, celular, câmera, e tudo aquilo que você considera primordial para sua viagem. Carregue e guarde tudo em um lugar em que você consiga fazer verificações todas as vezes que achar necessário.

Faça cópia de seus documentos

Você pode digitalizar ou fotografar seus documentos e mandar cópias para o seu e-mail ou xeroca-los. Se possível, inclusive, faça os dois, para que, em caso de imprevisto com os originais, você tenha mais de um backup e não passe perrengue.

Planeje bem seus gastos

Viajando sozinho, é ainda mais importante fazer um bom controle do dinheiro, para evitar passar apertos desnecessários. Evite gastos muito acima do previsto e tente adquirir as moedas locais com antecedência, para fugir de taxas altas. Considere a possibilidade de um cartão pré-pago, muito útil no controle das despesas. Por segurança, mantenha um fundo de reserva separado, e não ande com um volume grande de dinheiro com você.

Mantenha-se conectado

Um chip local é a forma mais prática e barata para que você tenha internet com frequência no destino que escolher. Instale todos os aplicativos que considerar úteis para a viagem em seu telefone. Aproveite a conexão para manter contato com as pessoas mais próximas de você, ainda que eventualmente, para que todos saibam que está tudo bem.

Compartilhe seu itinerário

Não deixe de compartilhar seu itinerário com alguém que não vai viajar com você, para que as pessoas saibam onde te encontrar em seu período de viagem, principalmente no caso de alguma emergência.

Chegue durante o dia

Se for possível, opte por chegar em todos os destinos na parte da manhã, bem antes de escurecer, por uma questão de segurança. Lembre-se que será precisará algum tempo para desembarcar, passar pelos procedimentos de imigração (quando necessário) e encontrar o local de sua hospedagem, algo muito mais fácil de se fazer à luz do dia.

Mergulhe na cultura e pratique o idioma

Conheça tudo que puder da cultura do destino. Quando você viaja sozinho, você consegue prestar mais atenção aos costumes locais, vivenciando a cultura de forma mais orgânica. Aproveite todas as oportunidades para praticar o idioma. Sem ninguém para falar por você, é necessário que você se comunique sozinho – e isso fará com que ganhe mais prática no idioma, mesmo que já domine a língua. Encare tudo isso como uma oportunidade para aumentar seu conhecimento no idioma!

Aproveite

Por fim, aproveite ao máximo a viagem para aprender e crescer. Use o tempo com você mesmo para se desafiar, sair da zona de conforto. Deguste a culinária local, converse com as pessoas, explore rotas menos turísticas, enfim, se dê a chance de viver a experiência plenamente. Pegue um mapa e saia explorar os lugares. Não há nada mais desafiador do que conhecer lugares fora dos roteiros tradicionais. Porém, fique atento à segurança dos lugares, e se há outros viajantes indo para a mesma direção.